Não havia necessidade!!!
Hoje é Segunda-Feira, 27 de Março de 2017

Não havia necessidade!!!

Quando um Município e a PSP, no Dia Mundial da Criança, usam crianças de seis anos para encenar um motim, algo está muito mal neste país!

PortalegrePSP01Quem passeou esta terça-feira pela enorme tribuna que é permitida pelas redes sociais encontrou uma cena no mínimo mal pensada com crianças de seis e sete anos . Nas comemorações do Dia Mundial da Criança, preparadas pelo Município de Portalegre, alunos de vários estabelecimentos de ensino do ensino básico e pré-escolar foram convidados a ter contacto com várias profissões, desde os bombeiros até aos polícias. Tudo estaria bem, e até seria louvável, se no contacto com a realidade do dia-a-dia dos agentes da PSP, não tivesse colocado crianças de seis e sete anos a encenar um motim(!!!). Convenhamos que não havia necessidade!

PUB

Certo é que fica o registo desta terça-feira das imagens publicadas pelo Município de Portalegre. Tudo estaria bem se, entre as várias actividades preparadas para os mais pequenos não os tivessem colocado a encenar um motim, dividindo as crianças entre polícias e arruaceiros, com os primeiros equipados com capacetes e escudos protectores e os segundos "armados" de bolas de papel como se de pedras se tratasse.

A autarca de Portalegre defendeu a situação dizendo que a acção foi validada por pedagogos e realizada por profissionais. Mas será que os pais que deixaram os seus filhos com os educadores dos estabelecimentos de ensino foram informados do que se ia passar!? Será pedagógico ensinar uma criança de seis anos como elevar um escudo protector ou, pior do que isso, como atirar uma bola de papel a dar a ideia de ser uma pedra!? Será que ninguém parou para pensar antes de preparar esta acção!?!?!?

Valha-nos que em cerca de uma centena de imagens do dia da criança em Portalegre há imagens bem agradáveis e louváveis. Ao menos isso!

JorgeReis

Jorge Reis
fotos: @Facebook

PortalegrePSP02PortalegrePSP03PortalegrePSP05

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.