Candidaturas ao Ensino Superior abrem hoje
Hoje é Segunda-Feira, 27 de Março de 2017

Candidaturas ao Ensino Superior abrem hoje

Engenharias, Saúde e Ciências Empresariais continuam a ser as áreas de formação com maior oferta

alunosA corrida ao Ensino Superior para o ano letivo de 2015-2016 começa hoje. No total, são 50.555 vagas para os candidatos na 1ª fase do concurso nacional , de acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC). Deste número, 55,9% correspondem a vagas para o ensino universitário e 44,1% dizem respeito ao ensino politécnico.

PUB

São 50.555 vagas, distribuídas por 1.048 cursos em 33 instituições de ensino superior públicas diferentes. Tal como no ano passado, a área da Engenharia é aquela que concentra a grande maioria das vagas (cerca de 9.037, ou seja, 17,7% do número total de lugares), logo seguida pelas Ciências Empresariais (7.583 vagas, 15%) e Saúde (6.572 vagas, 13%). Medicina continua a ser um dos cursos que apresenta médias mais altas, que oscilam entre o 17,2 (Universidade da Beira Interior) e 18,2 (Universidade do Porto). Entre as áreas de estudo com menos lugares disponíveis destacam-se as áreas dos Serviços de Segurança (60), Serviços de Transporte (83), Matemática e Estatística (461) e Ciências Veterinárias (507).

Em termos geográficos, os distritos com mais oferta são os de Lisboa (15.025 vagas), Porto (7.600) e Coimbra (5.496). A Universidade de Lisboa é a que dispõe de mais lugares disponíveis, num total de 7.651, seguida da Universidade do Porto (4.160) e da Universidade de Coimbra (3.189). No extremo oposto, Beja (506 vagas), Portalegre (511) e Madeira (585) são os locais onde há menos oferta.

A verdade é que este é o quarto ano consecutivo onde se regista uma quebra no número de vagas. Em relação ao ano de 2014, a quebra não foi muito significativa (-0,52%, ou seja, menos 262 vagas), mas se analisarmos os dados a partir de 2010, podemos ver que desde então foram cortadas cerca de 2.855 vagas, menos 5,3% da oferta, com principal foco nos institutos politécnicos. A Universidade do Algarve e o Politécnico de Viseu foram as instituições que reduziram mais vagas do ano passado para este(3,8% e 3,58% respetivamente) em contraponto com o Politécnico de Setúbal e a Universidade de Évora, que apresentaram as maiores subidas em termos de vagas: 3,68% (mais 42 vagas) e 1,59% (mais 17 vagas), respetivamente. Pior que esta descida, só mesmo aquela registada pelos candidatos. Entre 2010 e 2014, o número de estudantes que se propuseram à primeira fase de candidaturas ao ensino superior baixou mais de 18%.

As candidaturas à 1ª fase do concurso nacional de acesso estão abertas até 7 de agosto para os alunos que já concluíram o ensino secundário, com aprovação nos exames específicos. Os resultados só serão conhecidos a 7 de setembro. As vagas que sobrarem desta 1ª fase, saltarão para a 2.ª e 3.ª fase de candidatura ao Ensino Superior. Tal como nos anos anteriores, a candidatura deverá ser realizada online, no site da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES). 

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.