Lenine em "versão diet" no CCB

Lenine em "versão diet" no CCB

Acompanhado de duas guitarras, o cantor brasileiro do Recife permitiu um agradável concerto no programa do Misty Fest 2015

JC 31921O palco do Centro Cultural de Belém permitiu no passado dia 7 de Novembro o regresso até junto do público português do cantor e compositor brasileiro Lenine , uma passagem deste nordestino do Recife por Portugal que o levou ao CCB mas também à Casa da Música, no Porto, três dias depois, no âmbito de uma digressão pela Europa para celebrar as três décadas de carreira que agora completa.

PUB

"Tuaregue" e "Nagô", do álbum Olho de Peixe (1993), mas também "Martelo Bigorna" (Labiata, 2008), foram temas pelos quais Lenine foi passando, dando conta de vários trabalhos que produziu ao longo dos últimos trinta anos. Com uma actuação plena de energia de alguém que deu conta de uma enorme felicidade interior, e que a transmitiu ao público presente no CCB, Lenine, acompanhado apenas de duas guitarras e sem a sua banda, preferindo uma presença "desnudada" naquilo que explicou ser uma "versão mais diet", conseguiu uma agradável interacção com o público, claramente sentida em temas como "Rosebud" ou "Relampiano".

A aposta em temas do seu último disco, Carbono (2015), como "Castanho", lado a lado com músicas "de sempre" na carreira de Lenine, "O Último Pôr do Sol" ou "Leão do Norte" permitiram o compor de uma noite de música agradável que certamente deixou naqueles que estiveram no Centro Cultural de Belém naquele sábado à noite uma boa recordação musical de alguém que tem uma carreira que promete continuar com a qualidade que tem sido confirmada pelo público nos últimos trinta anos.

Depois do encore exigido pelo público, Lenine viria a despedir-se do público português neste primeiro concerto, integrado no programa do festival Misty Fest, com o "Silêncio da Estrelas", tema que ganhou outra dimensão ao tornar-se a banda sonora da novela Amor Eterno Amor, da TV Globo, e mais tarde de Além do Tempo, também na televisão brasileira, e que agora terá ido na memória daqueles que acompanharm mais um bom espectáculo do Misty Fest 2015.

fotos: Jorge T Carmona


Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.