Tróia Eco-Resort entra na quarta fase

Tróia Eco-Resort entra na quarta fase

Foi apresentada no hotel Pestana Palace a quarta e última fase do projeto de investimento Pestana Tróia Eco-Resort & Residences

quinta, 03 dezembro 2015

Eco-Resort-BeachVillas 1Vendidas todas as construções das três fases anteriores do projecto de investimento turístico e imobiliário Pestana Tróia Eco-Resort & Residences foi agora apresentada a quarta fase , relativa a um empreendimento classificado pelos seus responsáveis como o único e verdadeiro Eco-Resort em Portugal, uma quarta fase relativamente à qual as vendas já começaram a ser concretizadas há algum tempo. Isso mesmo foi revelado por José Roquette, Chief Development Officer do Pestana Hotel Group e Administrador responsável pelo projecto, durante a apresentação desta quarta fase que teve lugar na passada semana no Pestana Palace Hotel, em Lisboa.

PUB

Para além de destacar o que classificou como um sucesso relativo à vendas das casas, em todas as fases, em tempo recorde, José Roquette lembrou que o Pestana Tróia Eco-Resort & Residences, projectado para uma construção em cinco fases e ao longo de dez anos, apresenta um resort com um condomínio privado em que está presente um conceito eco diferenciado, pensado para reduzir o impacto ambiental. "Temos tido excelentes resultados em todas as fases com vendas em tempo record. Este sucesso deve-se em parte à originalidade do conceito do Eco-Resort, à qualidade excepcional da localização e à credibilidade da marca Pestana", afirmou.

Com a venda de cem por cento das casas das fases anteriores, o Pestana Tróia Eco-Resort & Residences antecipa a construção da quarta fase deste projecto imobiliário e turístico para o qual, só nesta fase, está em curso um investimento de oito milhões de euros, dentro de um investimento global de 80 milhões de euros que deverá gerar uma receita global na ordem dos 150 milhões de euros.

Eco-Resort-apresentacaoEco-Resort-beach-villasEco-Resort-beach-villas 2

Frisando ser este o projecto com a menor densidade de construção de toda a Costa Alentejana, e um dos poucos projectos PIN (Projectos de Interesse Nacional) que se tem vindo a concretizar dentro das datas previstas, José Roquette destacou ainda o facto deste Eco-Resort possuir uma localização exclusiva inserida numa zona de Reserva Ecológica, a menos de uma hora de Lisboa e "em cima" da praia, sendo por tudo isto uma oportunidade de investimento singular graças à inexistência de produtos similares e à grande competitividade dos preços de venda.

Nesta quarta fase avança o projecto para uma nova etapa que vai contar com a construção das Pine Villas, Acqua Villas, Green Villas e Beach Villas, casas que possuem entre três a quatro assoalhadas, e com preços que começam nos 285 mil euros, ou a partir dos 85 mil euros através do sistema de compra fraccionada, o que permite que em co-propriedade e através de escritura plena seja possível usufruir do imóvel durante duas semanas a cada dois meses. Todas estas casas, edificadas com técnicas construtivas e materiais amigos do ambiente por forma a permitir uma construção sustentável, de alta qualidade e durabilidade, estarão disponíveis para entrega já no próximo Verão de 2016.

Eco-Resort-green villasEco-Resort-Sand-Villas-1Eco-Resort-Sand-Villas-2

Restará referir que o empreendimento dispõe de um club-house com ginásio, spa, piscina interior e exterior, sala de jogos e leitura, parque de aventura, ciclovia ecológica, campo de padel, courts de ténis, campo de jogos multiusos, bar e apoio de praia. Como nota de curiosidade, o facto dos responsáveis por este empreendimento proporem a oferta de duas a quatro bicicletas por cada casa vendida para permitir uma total "mobilidade ecológica" no espaço de todo o empreendimento, apelando a uma vida mais saudável de acordo com o conceito do Eco-Resort. 

Este projecto surge assim como uma das mais recentes propostas do Pestana Hotel Group, entidade que comemorou em 2012 os 40 anos. Com um percurso de quatro décadas de sucesso, este Grupo tem e gere 87 unidades em Portugal e no estrangeiro, e ainda seis campos de golfe, dois casinos, três empreendimentos de imobiliário turístico, 13 empreendimentos Vacation Club, uma companhia de aviação charter e um operador turístico, com o objetivo de oferecer produtos completos e mais atrativos.

Na indústria e nos serviços, o grupo de Dionísio Pestana participa na Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, gestora do Centro Internacional de Negócios da Madeira e na Empresa de Cervejas da Madeira. Ao todo são nove as áreas de negócio onde opera: hotelaria, golfe, casinos, imobiliário turístico, aviação, distribuição turística, Vacation Club, indústria e serviços.

Na hotelaria, o seu principal negócio, o grupo opera com três marcas: Pestana Hotels & Resorts, Pestana Collection Hotels  e Pestana Pousadas de Portugal, cuja gestão da rede assumiu em 2003. Presente em 16 países, tem mais de dez mil quartos disponíveis na Europa, África e América e cerca de sete mil colaboradores. Em 2013, gerou um EBITDA de 95 milhões de euros e receitas na ordem dos 388 milhões de euros. De acordo com a revista norte-americana "Hotels", o Pestana Hotel Group ocupa a 125ª posição do top 300 das empresas hoteleiras mundiais e está o lugar 26 no ranking do European Hotel Survey, da revista "Hotel Management International".

Jorge Reis

Eco-Resort-casa1a

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

Eco-Resort-Quadro

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.