Reforma dos professores após 36 anos de ensino
Hoje é Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017

Reforma dos professores após 36 anos de ensino

A Fenprof entregou uma petição ao Parlamento onde indica a intenção dos professores de pretenderam a reforma com 36 anos de serviço

parlamento portuguesA Fenprof levou ao Parlamento uma petição com o intuito de conseguir um regime especial de aposentação para os professores ao fim de 36 anos de serviço .

PUB

Foram mais de 30.000 os professores que assinaram a petição, cuja entrega já estava prevista há algum tempo, mas que só hoje foi entregue ao Parlamento, como referiu Mário Nogueira, Secretário-Geral da Federação Nacional dos Professores, à agência Lusa.

A Fenprof apoia a premissa da aposentação dos professores ao fim de 36 anos de serviço, pois estes dão como certo o desgaste físico e psicológico que a profissão provoca.

A petição pretende iniciar um período transitório onde o professor possa aposentar-se aos 40 anos de serviço, sendo que posteriormente o objectivo das negociações é atingir os 36 anos de trabalho e descontos como condição para a reforma.

A Fenprof reunir-se-á com os grupos parlamentares dos partidos de Esquerda (BE, PCP e PEV) e procederá igualmente à marcação de reuniões com os partidos de Direita (PSD e CDS-PP).

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.