Papa admite uso de contraceptivos contra Zika

Papa admite uso de contraceptivos contra Zika

O Papa Francisco admitiu o uso de contraceptivos como forma de proteger as grávidas do vírus Zika

viruszikaO Papa Francisco admitiu o uso de contraceptivos devido ao risco que o vírus Zika representa para as grávidas, afirmando que seria um “mal menor” .

PUB

Em declarações durante o voo que o levou até ao México, o Papa também se debruçou sobre o aborto, referindo que é um “crime”.

“Não é um mal menor: é um crime. É eliminar um para salvar o outro. É o que faz a máfia”, afirmou o Papa.

Perante 76 representantes da comunicação social, Francisco acrescentou: “O aborto não é um problema teológico: é um problema humano, é um problema médico. Se assassina uma pessoa para salvar outra no melhor dos casos. Vai contra o juramento hipocrático que os médicos devem fazer.”

O Papa enviou ainda uma mensagem para os médicos pedindo que estes encontrem uma vacina rapidamente contra esta doença.

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.