Situação agrava-se no Sudão do Sul
Hoje é Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017

Situação agrava-se no Sudão do Sul

O chefe de missão de manutenção de paz das Nações Unidas chamou a atenção para a situação no Sudão do Sul

quinta, 03 março 2016

desarmamento-no-sul-do-sudaoO chefe de missão de manutenção de paz das Nações Unidas, Herve Ladsous, considerou que a crise no Sudão do Sul é “catastrófica” e que a mesma continua a agravar-se .

PUB

Os dois lados do conflito continuam a “arrastar os pés” em relação à implementação do acordo de paz, referiu Ladsous, acrescentando que “dezenas de milhares de pessoas morreram”.

O chefe de manutenção de paz da ONU não se fica por aí e diz ainda que cerca de dois milhões de pessoas tiveram de abandonar as suas casas devido à guerra que já leva três anos.

“As partes envolvidas estão a arrastar os pés na implementação” do acordo de paz que já foi alcançado em agosto.

Herve Ladsous explicou também a situação geral do país: “Ainda não temos um Governo de transição e a situação económica e humanitária é catastrófica e continua a deteriorar-se.”

O Sudão do Sul conquistou a independência em 2011. No entanto, no ano de 2013 o país entrou em guerra civil que já levou 50 mil vidas.

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.