Hollande recua em medida anunciada após atentados

Hollande recua em medida anunciada após atentados

O presidente francês recuou na medida que dizia retirar a nacionalidade a qualquer terrorista condenado

Hollande-GR-IBNAO Presidente da França, François Hollande, recuou na perda de nacionalidade para os terroristas, medida que tinha anunciado há quatro meses, aquando dos atentados em Paris .

PUB

Hollande tinha anunciado uma revisão constitucional para reforçar medidas antiterroristas, contudo recuou na medida e a oposição responsabiliza-o pelo fracasso da mesma.

O presidente francês explicou a decisão: “Até parte da oposição se manifestou hostil a qualquer revisão constitucional, quer respeite ao estado de emergência quer sobre a independência da magistratura. O que lamento profundamente. Pois deveríamos fazer tudo nas circunstâncias que são bem conhecidas de todos, e que são graves, para evitar as divisões."

As várias facções do governo gaulês têm agora diferentes perspectivas sobre a matéria, ao contrário do patente quando revelada a medida há quatro meses.

O Senado votou pela perda de nacionalidade apenas para os detentores de duas nacionalidades, pois crê que não devem ser criadas situações de indivíduos apátridas.

Já os deputados na Assembleia Nacional com esquerda absoluta defendem que a perda de nacionalidade deveria abranger todo e qualquer detentor da nacionalidade francesa para prevenir situações de discriminação.

A decisão foi ainda criticada pelo ex-presidente Nicolas Sarkozy, considerando que foi Hollande a “criar as condições do seu próprio fracasso”.

texto: João Carreira

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.