Detenções no seio da Polícia Judiciária
Hoje é Segunda-Feira, 27 de Março de 2017

Detenções no seio da Polícia Judiciária

As detenções agora confirmadas pela própria entidade policial têm a ver com suspeitas de corrupção e branqueamento de capitais

PoliciaCostasA Polícia Judiciária procedeu à detenção de um inspector-chefe e de um coordenador reformado da PJ, devido a suspeitas de corrupção e branqueamento de capitais. Foram detidas mais 13 pessoas .

PUB

Entre os principais detidos encontra-se Carlos Dias Santos que esteve mais de 30 anos na PJ e posicionou-se como um dos principais investigadores da Direcção Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes.

Foi uma mega-operação da PJ que mobilizou cerca de 250 oficiais da Polícia, assim como magistrados judiciais e do Ministério Público e foram realizadas buscas em todo o território nacional.

Em comunicado, a Polícia Judiciária revelou que foram detidos 15 homens entre os 39 e os 61 anos, suspeitos de corrupção activa e passiva, branqueamento de capitais e tráfico de estupefacientes.

texto: João Carreira

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.