Há acordo para o BPI

Há acordo para o BPI

Foi através de um comunicado enviado à CMVM que foi explicada a aproximação entre a Santoro e o Caixabank

Agencias-BPIO BPI conseguiu evitar à última hora do prazo a multa do BCE através de um acordo feito entre Isabel dos Santos e os espanhóis do Caixabank relativamente à participação do BPI no Banco Fomento Angola.

PUB

O banco português procedeu ao envio de um comunicado à CMVM onde explicou que foi levada a cabo uma aproximação, mas não detalhou pormenores acordados pela Santoro de Isabel dos Santos e o banco espanhol que controla mais de 40% do capital do BPI.

“Esta solução foi já comunicada ao Banco Central Europeu e ao Banco de Portugal e encontra-se vertida num conjunto de documentos contratuais que serão apresentados aos órgãos sociais competentes nos próximos dias e que, tão logo sejam aprovados, serão comunicados ao mercado", pode ler-se.

A solução terá de passar obrigatoriamente pela venda parcial da participação do BPI no Banco Fomento Angola, em troca de contrapartidas não reveladas, cumprindo os desejos do BCE.

A CMVM suspendeu as acções do BPI até obter esclarecimentos adicionais para que não haja uma subida muito repentina das acções e uma posterior queda devido à especulação.

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.