Noites memoráveis no Sumol Summer Fest

Noites memoráveis no Sumol Summer Fest

A noite desta sexta-feira na Ericeira terminou com os ritmos do kizomba de Nélson Freitas e o rap de intervenção de Gabriel o Pensador

JC 46995O frio da noite desta sexta-feira, alimentado pela brisa do mar na Ericeira, contrastou com o "calor" vivido no primeiro dia do Sumol Summer Fest, concluído ao ritmo de kizomba e rap . Ritmos quentes, nomeadamente os do kizomba que marcam as músicas de Nelson Freitas, invadiram assim este festival de verão, aquecendo uma noite que, a bem da verdade, esteve sempre bem fria.

PUB

Vedeta do pop em Portugal e Angola, Nelson Freitas, artista que teve já a oportundiade de encher o Meo Arena, acabou por ser um dos nomes mais esperados desta noite, acabando a espera por ser recompensada com grandes temas como "Bo têm mel" e "Miuda Linda", músicas que Nelson Freitas quase nem teve de cantar já que as vozes do público se sobrepuseram à sua. Bastante impressionado, o músico limitou-se a um simples agradecimento: "Isto assim é bonito. Obrigado!"

O primeiro convidado da noite foi Mikkel Solnado, com quem Nelson Freitas apresentou o teaser do novo single "In My Feelings", tema que pertence ao novo álbum "Four".

Pouco depois, um dos públicos mais barulhentos da noite fez-se ouvir mais uma vez para a entrada de Richie Campbell, que assim regressou ao palco Sumol como convidado de Nelson Freitas, com os dois a permitirem ali mesmo o "hit" de verão "Break of Dawn".

A kizomba já conquistou os portugueses e Nelson Freitas, com as suas músicas, conquistou sem dúvida este festival na Ericeira.

JC 46935

JC 46939 JC 46940
JC 46949 JC 46952
JC 46967 JC 46954

JC 46948JC 46968

Fizemos questão de pensar com o Gabriel

Gabriel o Pensador teve a tarefa de fechar esta grande noite de festival com as suas poesias em forma de rap. Influenciado por Bob Marley ou Chico Buarque, as letras de Gabriel o Pensador são muito satíricas mas ao mesmo tempo humoristicas, falando de corrupção, desigualdade social, drogas, religião, liberdade, pobreza , violência e política. Músicas como "Eu não faço questão", em que colaborou com os D.A.M.A, mas também "Cachimbo da Paz" , "Chega" e “Surfista Solitário” fizeram parte do alinhamento do concerto, enchendo as medidas do público que esperou ansiosamente para ver o grande artista da noite.

Sempre muito comunicativo e preocupado em interagir com os seus espectadores durante a actuação, o que agradou bastante ao público, Gabriel o Pensador procurou sempre nas suas rimas combater alguns padrões comportamentais que se tornam aceites na sociedade. É assim, com a música, que vai alertando as mentes de alguns fãs para a realidade actual, fazendo o que mais gosta, que é cantar, mas sempre apelando ao espirito crítico e ao desejo de mudança de quem o ouve.

Chegava entretanto ao final o primeiro dia de festival na Ericeira, deixando atrás de si uma óptima organização que cumpriu com os horários quase sem desvios, além de muita música e boa disposição com uma óptima viagem pelo mundo do hip-hop, kizomba e reggae.

JC 46979

JC 46978 JC 46985

JC 46986JC 46987

Em jeito de balanço deste primeiro dia, nem o mau tempo demoveu os festivaleiros de apoiar os seus ídolos e participar ativamente nos concertos, cantando e dançando ao som das músicas preferidas. As expectativas foram sem dúvida correspondidas, prevendo-se agora para este sábado mais um dia de boa música, permitida por outros grandes nomes em cartaz, com destaque, por exemplo, para Madcon, Tinie Tempah ou Robin Schulz, todos em mais uma noite que promete ser memorável.

Portugal-Croácia vai passar no Palco Sumol

Uma curiosidade à margem da música, mas que poderá permitir ainda maiores e melhores memórias deste segundo dia do Sumol Summer Fest, tem a ver com o facto de neste sábado, às 20h00, se jogar o jogo dos oitavos de final do Euro'2016 entre Portugal e a Croácia, determinante para as ambições da Selecção Nacional lusa na competição.

Consciente da importância deste jogo, a organização do Sumol Summer Fest determinou que o jogo será transmitido em ecrã gigante no palco Sumol, permitindo a todos os festivaleiros continuarem no recinto a aproveitar o ambiente único do festival enquanto apoiam a Turma das Quinas neste momento tão importante para todos os portugueses.

O alinhamento dos concertos irá manter-se, no entanto, com os horários do Palco Sumol a sofrerem apenas ligeiras alterações. Já para oss restantes palcos, deverão funcionar de acordo com os horários previamente estabelecidos.

texto: Margarida Adaixo
fotos: Jorge T. Carmona

JC 46977

JC 46970 JC 46973
JC 46974 JC 46976

JC 46988JC 46991

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.