Oeiras recebeu Congresso Enogastronómico

Oeiras recebeu Congresso Enogastronómico

O XIV Congresso Europeu das Confrarias Enogastronómicas passou pelos Jardins do Marquês de Pombal para um delicioso almoço de degustação

terça, 08 novembro 2016

EnoGastronomia-05Cerca de oitocentas pessoas provenientes de oito países — Portugal, Espanha, França, Itália, Bélgica, Grécia, Hungria e China (Macau) — participaram no último fim-de-semana no XIV CEUCO - Congresso Europeu das Confrarias Enogastronómicas, um evento que teve como tema “Portugal, país de Descobrimentos e excelência gastronómica - A Europa enológica e culinária” e que decorreu entre os concelhos de Oeiras, Cascais e Lisboa entre os dias 4 e 6 do corrente mês, um evento cuja organização esteve a cargo da Confraria do Vinho de Carcavelos em parceria com o Conselho Europeu das Confrarias Enogastronómicas (CEUCO), com o apoio dos municípios de Oeiras e Cascais, entre outras entidades.

PUB

O canal de Turismo do portal LusoNotícias marcou presença no almoço de degustação dos produtos trazidos pelas Confrarias das distintas regiões da Europa, no passado sábado, no sempre fantástico espaço dos Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras, onde pudemos tomar contacto, que o mesmo é dizer provar as especialidades enogastronómicas provenientes dos países ali representados. Portugal, como país organizador, e Espanha, pela natural proximidade geográfica, eram neste almoço os países mais representados e com maior variedade de produtos, mas outros países seduziram os presentes no evento pelas suas propostas na área da gastronomia, mas também nos vinhos apresentados. Pelo meio, houve ainda tempo para uma pequena reconstituição histórica, perfeitamente adaptada ao espaço dos Jardins em que se realizou, mas também alguns apontamentos musicais e culturais, a cargo de uma estudantina de serenatas que animou os presentes e presentou muitas donzelas com músicas e serenatas dedicadas às caras mais bonitas.

Para este evento, a organização preparou um vasto “Programa Social” que decorreu antes do congresso propriamente dito, de 31 de Outubro a 3 de Novembro, e que visou permitir aos partipantes internacionais neste evento tomarem contacto com os locais, a gastronomia, o vinho, a cultura e as gentes portuguesas. A poucos dias da realização em Lisboa da Web Summit, Oeiras e Cascais puderam assim organizar um evento que, embora naturalmente bem mais pequeno, teve ainda assim o seu peso económico e social, tendo permitido altíssimas taxas de ocupação em sete hotéis destes dois concelhos, representando cerca de um milhar de noites vendidas e aproximadamente três mil refeições para servir em três dias, de 4 e 6 de Novembro. Para além do almoço que pudemos acompanhar, o programa deste evento permitiu a realização na sexta-feira de uma Assembleia Geral do CEUCO, no Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras, onde também se realizou o Jantar de Boas-vindas, oferecido pela Câmara Municipal de Oeiras, nos jardins do Palácio.

EnoGastronomia-00EnoGastronomia-01

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

EnoGastronomia-02EnoGastronomia-03

O Congresso propriamente dito, aconteceu igualmente este sábado, no Auditório do Centro Comunitário Sra. da Boa Nova, no Estoril, onde os congressistas receberam as boas-vindas dos Presidentes do CEUCO e da Comissão Organizadora, mas também dos Presidentes dos Municípios de Oeiras, Paulo Vistas, e de Cascais, Carlos Carreiras. Oeiras, na qualidade de anfitrião por ser neste concelho asede diplomática do CEUCO (na Adega do Palácio do Marquês de Pombal), teve na Confraria dos Enólogos do Vinho de Carcavelos a responsabilidade de receber e organizar a quase globalidade deste evento europeu, motivo pelo qual quisemo dialogar com o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Paulo Vistas, que justificou o elevado interesse do seu Município em apoiar este evento, dando conta de alguns aspectos da realidade cultural do Concelho que lidera, abordando ainda um pouco da realidade financeira de Oeiras numa altura em que os governantes da Nação estudam e aprovam o Orçamento de Estado, documento que directa ou indirectamente afecta as contas dos municípios.

A julgar pelas palavras de Paulo Vistas, Oeiras está bem e recomenda-se, afirmando-se como um município activo nas áreas sociais e culturais, como aliás ficou evidente também neste Congresso das Confrarias Enogastronómicas que passou por Oeiras e cujos participamentes internacionais levaram certamente uma boa recordação de Oeiras que os fará regressar em breve. Nós, naturalmente, vamos continuar a estar atentos à realidade permanente activa deste concelho.

reportagem: Jorge Reis

EnoGastronomia-04EnoGastronomia-16EnoGastronomia-07

EnoGastronomia-20EnoGastronomia-24EnoGastronomia-31

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.