PS de Elvas apresentou candidatos autárquicos

PS de Elvas apresentou candidatos autárquicos

Os candidatos Socialistas aos órgãos autárquicos em Elvas, liderados por Nuno Mocinha, foram apresentados na Praça da República da cidade

terça, 11 julho 2017

apresentacao-listas-ps6Cerca de duas centenas de pessoas apresentaram-se na noite desta terça-feira, 11 de julho, na Praça da República, como candidatos do Partido Socialista às eleições autárquicas de 2017 , nas listas às Assembleias de Freguesia, Assembleia Municipal e Câmara Municipal, liderados por Nuno Mocinha. Na apresentação foram dados a conhecer, um a um, os 190 candidatos que integram as listas tendo-se iniciado pelas assembleias de freguesia, seguindo-se a Assembleia e a terminar a Câmara Municipal.

PUB

Nas intervenções, o primeiro a tomar da palavra foi o mandatário da candidatura, Joaquim Real Mendes, que começou por agradecer a “presença de todos”, tendo referido ainda a capacidade de liderança e espírito de trabalho do candidato Nuno Mocinha, salientando ainda que nesta “candidatura todos são importantes”. Neste sentido, reafirmou ainda as qualidades da equipa, que se baseia em princípios “como a competência e força aglutinadora”, assente ainda “no estrito cumprimento da lei dos mandatos, bem como na transitoriedade e alternância”, com “espirito de serviço e dever de cidadania”.

O mandatário salientou ainda que assumem “o desenvolvimento de uma sociedade justa e solidária” que se imbui “na experiência de gestão autárquica e que vê aqui uma oportunidade de dar o seu contributo para Elevar Elvas”, numa única missão “Elevar Elvas e os Elvenses”, assumindo como linhas orientadoras a “criação de emprego, a educação, saúde, cultura, desporto e lazer. É este o compromisso das listas do PS”.

Após a apresentação de todas as listas, Nuno Mocinha subiu ao palco, tendo sido ovacionado de pé por todos os presentes. O cabeça de lista à Câmara Municipal começou por agradecer a “todos aqueles que quiseram e aceitaram fazer parte destas listas”, bem como “àqueles que hoje aqui estão e o fazem de vontade e vieram dizer Nuno podes contar connosco, Elvas pode conta connosco”.

apresentacao-listas-ps1apresentacao-listas-ps2apresentacao-listas-ps3apresentacao-listas-ps5

Sobre o actual mandato, o candidato salientou as preocupações “com as crianças, os jovens, as famílias, os ativos e os desempregados e a idade de ouro”, tendo referido alguns dos programas sociais que a Autarquia possui, salientando ainda ter criado “um novo programa para ajudar aqueles que se encontravam desempregados e não tinham qualquer resposta: o OMTS”.

Em termos de obras, e só para lembrar as mais significativas, Nuno Mocinha falou sobre “o Forte da Graça, fomos nós que abrimos o concurso e fizemos a obra”, além da requalificação da Avenida de Badajoz, junto ao Coliseu; as Reservas do MACE; a Sinagoga; as duas ETAR’s que “dentro em breve vão estar em obra” e “ainda na sexta-feira, o secretário de Estado do Ambiente veio a Elvas anunciar mais quatro milhões, para a conclusão da rede de abastecimento de água de Elvas”.

apresentacao-listas-ps4apresentacao-listas-ps10apresentacao-listas-ps12apresentacao-listas-ps16

O líder socialista adiantou ainda a ampliação do terminal ferroviária; as requalificações das ruas, quer em Elvas, quer no concelho; as intervenções nas freguesias e as sedes das associações, como intervenções realizadas neste mandato. Mas, afirma Nuno Mocinha, “queremos sempre melhorar. E por isso, melhorámos o acesso à TV por cabo no Centro Histórico, e ninguém vai ficar sem ter acesso. Para isso, a partir de amanhã, vai andar uma equipa, casa a casa, a perguntar aos idosos se precisam de ajuda para sintonizar os canais”, asseverou.

Nuno Mocinha não esqueceu a questão que tanto tem dado que falar nos últimos tempos, o estacionamento. “O regulamento foi aprovado por unanimidade, na Câmara e na Assembleia”, no entanto considera que “não deveríamos ter posto a funcionar 24 horas e a ser pago nessas 24 horas. Aqui errei, mas pior que cometer um erro é deixar que ele continue. Por isso, em reunião de Câmara vou levar uma proposta para que aquelas barreiras dos parques ao pé das Portas de Olivença desapareçam e não voltem mais, passando o estacionamento a ser gratuito e todos possam aí parar o carro”, concluiu Nuno Mocinha.

Amanhã, dia 12 de julho, realiza-se a apresentação da lista à Assembleia de Freguesia São Brás e São Lourenço, no Centro Cultural de Varche, a partir das nove da noite.

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.