K-REIS5663

Farense ganha na Amadora e garante continuidade na I Liga

O Estrela da Amadora perdeu esta segunda-feira no Estádio José Gomes, na Reboleira, frente ao Farense (0-3), com a turma algarvia a somar 34 pontos e a assegurar a continuidade no escalão principal do futebol português a três jornadas do final da competição. Já a turma tricolor continua depois desta derrota em 15º na classificação da I Liga, com 29 pontos, mais um ponto que o Portimonense que este final de semana também perdeu na recepção à formação do Moreirense.

A jogar perante o seu público, a equipa do Estrela, que nas duas anteriores jornadas esteve em ambos os casos a vencer acabando por consentir o empate nos minutos de compensação, frente ao Rio Ave (2-2) e ao Boavista (1-1), entrou desta vez em campo determinada em conseguir vencer perante o Farense, mas rapidamente deu conta de alguma incapacidade ofensiva perante o conjunto algarvio. Na verdade, uma enorme falta de eficácia na finalização foi impedindo a equipa da casa de chegar ao golo, num jogo em que ficou mesmo a ideia de que por muito tempo mais que durasse a partida não haveria lugar a golos  para o Estrela.

Já o Farense, com um jogo mais tranquilo e jogando com menos ansiedade, chegou aos golos em momentos determinantes, nomeadamente no final do primeiro tempo ao minuto 44′, na transformação de uma grande penalidade, ainda no arranque do segundo tempo ao minuto 47′, e depois já ao minuto 79′, altura em que surgiu o golo da confirmação do triunfo dos algarvios a fechar a contagem com o Estrela da Amadora a atirar a toalha ao chão num jogo em que foi perdendo a clarividência.

À partida para este que foi o último jogo da 31ª jornada da I Liga, o Estrela da Amadora entrou em campo com o técnico Sérgio Vieira a escalar a mesma equipa que apresentou no Bessa perante o Boavista, com Bruno Brígido na baliza, Kialonda Gaspar, Miguel Lopes e Mansur a formarem o habitual trio de centrais, ainda Hevertton Santos, Léo Cordeiro, Leonel Bucca e Rúben Lima na linha média, jogando também Kikas, André Luiz e Léo Jabá nos lugares mais ofensivos.

Do outro lado, o Farense orientado pelo técnico José Mota surgiu na Reboleira com algumas mudanças relativamente à forma como jogou na última ronda do campeonato frente ao Benfica, apresentando-se desta feita com o guarda-redes Ricardo Velho, uma linha defensiva formada por Pastor, Gonçalo Silva, Igor Rossi e Talys, ainda Caseres, Cláudio Falcão e Rafael Barbosa e, na frente com missões ofensivas, Belloumi, Bruno Duarte e Marco Matias.

Golos do Farense antes e depois do intervalo na Reboleira

Com as equipas a apresentarem os seus argumentos, os dois conjuntos foram construindo oportunidades de golo junto de uma e outra balizas, mas pecando ambas pela ausência de eficácia na finalização. Acabou assim o primeiro tempo por chegar até perto do intervalo com o nulo a prevalecer, altura em que, ao minuto 42′, o central Kialonda Gaspar fez um corte dentro da grande-área com o braço esquerdo, levando o VAR desta partida, Tiago Martins, a chamar a atenção do árbitro Fábio Veríssimo que acabou por visualizar o lance, assinalando de seguida o castigo máximo. Chamado a converter a grande penalidade, Bruno Duarte enganou Bruno Brígido que se atirou para o seu lado direito, acabando a bola por entrar para o lado contrário naquele que foi o primeiro golo do Farense.

Depois de um primeiro tempo em que as duas equipas tiveram oportunidades claras para chegar ao golo, foi a turma algarvia quem conseguiu mesmo chegar à vantagem, colocando ainda maior pressão sobre o Estrela da Amadora que precisava de pontuar para garantir algum conforto na classificação, numa altura em que o objectivo dos tricolores é fugir do lugar que deverá obrigar à disputa de um playoff com o terceiro classificado da II Liga para descobrir quem irá estar no escalão principal do futebol português na próxima temporada. Aliás, o Estrela da Amadora conseguiu chegar à I Liga no ano passado exactamente dessa forma, altura em que atirou o Marítimo para a II Liga.

Com o Farense em vantagem no marcador, o segundo tempo começou com as duas equipas a manterem os mesmos onzes, com o Farense agora a revelar enorme eficácia na finalização, fazendo o segundo golo logo no primeiro remate à baliza de Bruno Brígido. A partir do lado esquerdo do ataque, em zona frontal à grande-área, o marroquino Belloumi rematou forte, levando a bola a descrever um arco para entrar junto ao poste mais distante da baliza do Estrela da Amadora, onde Bruno Brígido apenas pôde acompanhar a trajectória da bola sem poder evitar o segundo golo para os algarvios, para festa de algumas centenas de adeptos do Farense que ocupavam um sector na bancada do Estádio José Gomes que neste jogo recebeu um total de 5.384 adeptos.

A perder por duas bolas de desvantagem, o técnico Sérgio Vieira tentou tirar o melhor partido das opções que tinha no banco de suplentes, apostando ao minuto 52′ em Rodrigo Pinho, Aloísio Souza e Nilton Varela, retirando do jogo Kikas, Rúben Lima e Miguel Lopes. O Estrela da Amadora ainda conseguiu enviar a bola à trave da baliza do Farense, ao minuto 63′, num cabeceamento de Nilton Varela, mas a noite não estava definitivamente favorável para os golos da turma tricolor. José Mota, o técnico do Farense, acabou assim por responder à maior pressão dos tricolores com duas mudanças, ao minuto 69′, chamando ao jogo Fabrício Isidoro e Mattheus Oliveira, por troca com Cáseres e Belloumi, dois jogadores até ali determinantes nomeadamente o avançado marroquino, autor do grande golo que deu o 0-2 no marcador.

No Estrela da Amadora entrou pouco depois Régis, ao minuto 72′, para o lugar de Aloísio, Sérgio Vieira procurava dar maior acutilância aos corredores laterais para a partir daí encontrar os melhores espaços para cruzamentos perigosos para a área de baliza do Farense, mas nem assim o Estrela da Amadora chegou aos golos. O técnico dos tricolores ainda chamou ao jogo Ronaldo Tavares ao minuto 78′, por troca com André Luíz, mas logo no minuto seguinte acabou por ser o conjunto algarvio a fechar a contagem, com o 0-3 a ser assinado por Marco Matias.

Na finalização de um lance de contra-ataque, iniciado a partir de um lançamento longo do guarda-redes Ricardo Velho para o lado esquerdo do ataque do Farense, Bruno Duarte recebeu a bola junto à linha lateral já quase no enfiamento da linha limite da grande-área dos tricolores, cruzou para junto da baliza e Marco Matias finalizou para o terceiro golo, fechando o resultado no relvado da Reboleira. O golo permitiu a festa da turma algarvia e, ao invés, fez aumentar a apreensão entre as hostes tricolores, conscientes de que está cada vez mais complicado o futuro imediato do Estrela da Amadora para as últimas três jornadas do campeonato.

Em tempo de decisões finais cada ponto vale ouro

Até ao final da partida o marcador não conheceu qualquer outra mudança, o Farense acabou por somar os três pontos e chegar com isso aos 34 pontos, saltando para a 10ª posição e garantindo a tranquilidade de uma classificação que coloca a equipa algarvia praticamente fora da discussão relativamente à manutenção ou descida de divisão no final do campeonato.

Ao invés o Estrela da Amadora, que nos últimos dois jogos perdeu pontos com empates consentidos sobre o final daquelas partidas, acabou agora por ser derrotado categoricamente por 0-3, um resultado que só não tem consequências piores porque o Portimonense, adversário direto nesta fase do campeonato da formação da Amadora, também perdeu nesta jornada e tem já na próxima jornada a difícil missão de defrontar o Sporting no Estádio de Alvalade.

O tempo é assim de decisões, todos os pontos são de importância acrescida e a história do campeonato ainda tem mais três episódios a acompanhar com toda a atenção nas últimas três jornadas. Depois, para um dos intervenientes, ainda haverá uma derradeira discussão a ter no playoff que decidirá quem ocupará a última vaga entre as 18 equipas da I Liga, mas essa decisão será para conhecer mais tarde.

« de 81 »
texto: Jorge Reis
fotos: Diogo Faria Reis

Sondagem

Qual a sua convicção pessoal relativamente ao curso da guerra na Ucrânia?

View Results

Loading ... Loading ...

Rádio LusoSaber

Facebook

Parcerias

Subscreva a nossa Newsletter

Inscreva-se para receber nossas últimas atualizações na sua caixa de entrada!